sábado, 30 de março de 2013

Questões do livro de Biologia - Capítulo 3

Questões do livro “LINHARES, Sérgio e GEWANDSZNAJDER, Fernando. Biologia hoje. São Paulo: Ática, 2010.”


Capítulo 3


Procariontes


Página 56


Compreendendo o texto


1. Um estudante afirmou que as bactérias são prejudiciais ao ser humano, uma vez que provocam inúmeras doenças. Você concorda com essa afirmação? Por quê?

Não, pois, embora algumas bactérias sejam causadoras de doenças, as bactérias são de extrema importância para a vida na Terra, uma vez que elas participam do Ciclo do Nitrogênio, além de algumas espécies atuarem como decompositores, degradando matéria orgânica e transformando-a em inorgânica, esta aproveitada por outros seres vivos. Elas também podem ser, dependendo do tipo de bactéria, utilizadas em processos alimentícios, na produção de insulina e na agricultura, combatendo uma ampla variedade de insetos.

2. Um professor explicou aos alunos que, se houver um bom suprimento de comida e espaço suficiente, a partir de uma única bactéria podem surgir, em cerca de dez horas, mais de 1 bilhão de bactérias. Que característica desses microrganismos explica essa rápida multiplicação?

A reprodução assexuada por divisão binária ou bipartição (principal forma de reprodução das bactérias), na qual a bactéria se divide em duas após a duplicação do DNA e um aumento de tamanho. Esse processo ocorre rapidamente, geralmente em cerca de vinte minutos, e a quantidade de bactérias aumenta exponencialmente, pois se duplica a cada geração.

3. A bactéria Clostridium botulinum, que é anaeróbia estrita, pode contaminar alimentos e causar botulismo em quem os ingere. Em um bolo contaminado por essa bactéria deve haver, em princípio, mais toxinas da bactéria na superfície do bolo ou no meio dele? Justifique a resposta.

No meio do bolo, pois, sendo, anaeróbia estrita, essa bactéria morre na presença de oxigênio, presente em menor quantidade no meio do bolo do que na sua superfície.

4. Bactérias sensíveis à penicilina foram cultivadas no mesmo meio de cultura que bactérias resistentes a essa substância e, após certo tempo, alguns indivíduos do grupo sensível tinham se tornado resistentes. Supondo que esses indivíduos não tenham sofrido mutação, explique como eles podem ter adquirido resistência à penicilina.

Muitas bactérias do grupo sensível morreram, pois, por meio da conjugação (troca de plasmídeos entre bactérias) com as bactérias que já eram resistentes, elas obtiveram genes que conferiram resistência ao antibiótico.

5. Algumas bactérias são capazes de se nutrir das moléculas encontradas no petróleo e em alguns plásticos. Pensando nessa característica, explique como elas poderiam ser utilizadas  pelo ser humano em benefício do planeta.

Como algumas bactérias decompõem plástico e petróleo, elas podem ser utilizadas para a redução do lixo e para degradar o petróleo despejado no mar em vazamentos. Além disso, como elas também decompõem matéria orgânica, podem ser usadas para reduzir a quantidade de esgoto lançado nos rios e mares ou até para despoluição das águas.

6. Explique por que a invenção do microscópio contribuiu para a compreensão da causa das doenças infecciosas.

Porque, como as bactérias não podem ser vistas a olho nu, com a invenção do microscópio permitiu que elas fossem observadas e que se compreendesse sua reprodução,  sua estrutura e como ocorria a infecção no organismo atacado por uma doença bacteriana. Assim, puderam ser determinados modos de prevenir e combater essas doenças.

 

Refletindo e concluindo


1. (UFMG) Dona Margarida observou que uma lata de sardinha estava estufada e resolveu não consumir o seu conteúdo. Assinale a alternativa que apresenta uma justificativa incorreta para a atitude de dona Margarida.

a) O alimento pode conter toxinas produzidas por microrganismos.
b) O alimento pode estar em processo de decomposição.
c) Os gases responsáveis pelo estufamento da lata são tóxicos.
d) Pode ter ocorrido falta de higiene durante o processo de embalagem.

Resposta: Alternativa c

2. (Fuvest-SP) Cólera e meningite epidêmica são doenças relativamente comuns no Brasil. Elas são transmitidas, respectivamente, por:

a) bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos, e vírus, através da inalação de ar contaminado.
b) bactérias, através da inalação de ar contaminado, e bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos.
c) vírus, através da contaminação fecal de água e alimentos, e vírus, através da inalação de ar contaminado.
d) bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos, e vírus, através da contaminação fecal de água e alimentos.
e) bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos, e bactérias, através da inalação de ar contaminado.

Resposta: Alternativa e

3. (ESPM-SP) A leptospirose é uma doença que se alastra em situações de enchente porque, nesses casos, aumenta a:
a) contaminação do ar por bactérias que causam a doença.
b) contaminação do ar por vírus que causam a doença.
c) presença de caramujos que transmitem a doença.
d) contaminação da água pela urina de rato que transmite a doença.
e) proliferação de insetos que transmitem a doença.

Resposta: Alternativa d

4. (Uece) Examine as afirmativas abaixo, referentes à presença de arqueobactérias:

I. Encontram-se no leite durante o processo de fabricação de iogurtes.
II. Estão presentes no ar, provocando infecções respiratórias.
III. No intestino dos ruminantes são responsáveis pela produção do gás metano.

Marque a opção que contém somente afirmativa(s) verdadeira(s):

a) I
b) II
c) III
d) I, II, III

Resposta: Alternativa c

5. (UFPR) A peste bubônica é causada por Yersinia pestis, um bacilo pequeno, gram-positivo, e que no século XIV dizimou aproximadamente 25% da população europeia em uma epidemia que influenciou o curso da História.
O reservatório animal são roedores silvestres como marmotas e esquilos e roedores urbanos como os ratos. São as pulgas de ratos contaminados que, pelas picadas, transmitem a bactéria para outros ratos e para os homens, ocasionando nestes últimos a peste bubônica. Com a multiplicação extensa das bactérias no pulmão humano, o que resulta em broncopneumonia e em um grande número de bactérias no escarro, a infecção pode se espalhar de pessoa para pessoa através das gotículas das secreções aéreas. Trata-se aí da peste bubônica pneumônica.
Com base nessas informações, é correto afirmar:
(01) Yersinia pestis é um bacilo que utiliza a pulga de roedores urbanos como reservatório.
(02) A pulga do rato é o vetor da peste bubônica.
(04) A peste bubônica em todas as suas formas é transmitida de pessoa para pessoa.
(08) A peste pneumônica tem transmissão interpessoal.
(16) Roedores silvestres e urbanos podem ser portadores de Yersinia pestis.

Resposta: 26

Página 57


Questões para análise


1. (UFRJ) No caso de algumas doenças infecciosas, pode-se considerar que toda a população está protegida se uma alta proporção dos indivíduos estiver imunizada. Tal fenômeno é denominado imunidade de grupo.

a) Explique por que a imunidade de grupo é eficiente no controle de doenças como a gripe.

Pois, havendo um maior número de pessoas imunizadas contra doenças como a gripe, o risco de transmissão interpessoal será menor, e logo haverá um menor risco de uma pessoa que não se preveniu adquirir a doença.

b) Explique por que a imunidade de grupo não é eficiente no controle de doenças como, por
exemplo, o cólera e a hepatite.

Pois ambas as doenças podem ser adquiridas por meios que não o contato interpessoal, como água e alimentos contaminados. Logo, também são necessários como meios de prevenção dessas doenças o saneamento básico e a fervura de água e alimentos.

2. (UFPR) Em janeiro de 2004, em uma cidade litorânea do Sul do Brasil, foram registrados 100 casos de gastrenterite. Todas as pessoas haviam tomado, na praia, sorvete de fabricação caseira, de uma mesma microindústria. O surto provocou uma estimativa total de 500 casos na região, naquela temporada. Os serviços de saúde que atenderam os pacientes suspeitaram imediatamente do sorvete. Pergunta-se:

1) Por que o sorvete foi apontado como causa da gastrenterite?

Pois a gastrenterite é geralmente transmitida por água e alimentos contaminados.

2) De onde podem ter provindo as bactérias?

Elas podem ter provindo, por exemplo, de dejetos humanos que poderiam ter contaminado os utensílios ou a matéria-prima usadas na fabricação do sorvete.

3) Apresente dois tipos de medidas cabíveis em uma situação como esta.

Podem ser citadas como medidas para prevenção de uma tal situação a esterilização dos utensílios utilizados e a higiene no processo da produção e por parte dos funcionários nela envolvidos.

3. (UFMG) O antibiograma é um exame de laboratório usado para determinar o antibiótico adequado para combater uma infecção bacteriana. Círculos de papel embebidos em antibióticos (A, B, C e D) são colocados em placas de Petri, com meio de cultura apropriado, onde foram previamente semeadas culturas de bactérias causadoras de infecção. O halo claro em torno do papel de filtro indica ausência de crescimento bacteriano, como mostra a figura abaixo. Com base no resultado desse experimento, cite a letra correspondente ao antibiótico menos indicado para o tratamento da infecção.



A letra D.

4. (Unicamp-SP) Um menino sofreu um ferimento no pé quando estava brincando na terra. O médico foi informado de que a criança não tinha recebido muitas das vacinas obrigatórias.

a) Nessa situação, que doença a criança estaria com maior risco de contrair? Explique por quê.

O tétano, pois este é transmitido pelo contato com os esporos da bactéria causadora do tétano, que podem estar presentes, por exemplo, na terra, em cacos de vidro e em metais cortantes. Através de ferimentos, esses esporos, ao entrarem na corrente sanguínea, ocasionam a doença.

b) Qual seria o procedimento mais seguro para evitar que, nesse caso, a criança viesse a desenvolver tal doença? Qual dos gráficos a seguir corresponde a esse procedimento? Justifique.

Para evitar que a criança viesse a desenvolver o tétano, poderia ser aplicado o soro anti-tetânico. O gráfico que corresponde a esse procedimento é o gráfico A, pois, ao contrário da vacina, o soro contém anticorpos prontos, logo a concentração destes aumenta muito rapidamente após a aplicação do soro, e depois diminui gradativamente.

c) A que procedimento corresponde o outro gráfico? Justifique.

O outro gráfico corresponde à vacinação, pois o aumento no nível de anticorpos ocorre lentamente, devido ao fato de eles serem produzidos pelo próprio organismo da pessoa.


5. (Fuvest-SP) Um estudante escreveu o seguinte em uma prova: “As bactérias não têm núcleo nem DNA”. Você concorda com o estudante? Justifique.

Não, pois, embora as bactérias não possuam carioteca, que separa o núcleo do restante do citoplasma, elas apresentam um DNA de forma circular disperso no citoplasma, sem estar ligado a proteínas. Além do DNA principal, podem haver moléculas menores de DNA, os plasmídeos.

6. (Ufpel-RS) ''A cólera é uma enfermidade infecciosa aguda, não dolorosa, que se caracteriza por um começo abrupto com vômitos, náuseas e diarreia, ocasionando severa desidratação (perda de líquido diária, podendo alcançar 20 litros), que se reflete clinicamente por estado de sonolência do paciente, pele seca e enrugada, temperatura anormal, câimbra muscular, hipotensão arterial, oligúria e colapso circulatório. A morte, presente em mais de 50% dos casos não-tratados, é reflexo de um colapso ou necrose tubular ocasionada por choque hipovolêmico e desidratação”.
O diagnóstico se confirma pelo cultivo de vibriões coléricos no organismo ou vômitos. Na maioria dos casos, o vírus é destruído na boca, mas, sobretudo nas zonas de cólera endêmica, muitos habitantes apresentam acloridria ou hipocloridria, fazendo com que seu suco gástrico não consiga destruir seus microrganismos. De todo o modo, o que afirma o dr. Domingo Cabred do Manicômio As Mercedes, há mais de um século, continua vigente: “Há uma predisposição particular que os dementes apresentam à infecção, e, em especial, os desasseados.'' (Medical Mag, 1991)

a) Diga em que grave erro de classificação incorreu o autor na redação do texto acima.

O erro no qual o autor incorreu foi classificar o causador da cólera como um vírus, sendo que é na realidade uma bactéria.

b) A partir das campanhas desenvolvidas nos meios de comunicação, enumere duas formas de prevenção e duas de tratamento à doença em questão, respectivamente.

A prevenção pode ser feita, por exemplo, de duas formas: ferver a água antes do consumo e lavar sempre as mãos antes de qualquer refeição.
Já o tratamento pode ser efetuado, por exemplo, através da reidratação e do uso de medicamentos recomendados por um médico.

Página 58


7. (Vunesp) Os antibióticos e as vacinas fazem parte do arsenal da Medicina, auxiliando-nos no combate às doenças provocadas por agentes infecciosos. Dentre essas doenças, podemos citar: tuberculose, gripe, hepatite, febre amarela, gonorréia.

a) Das doenças citadas, para quais delas se prescreve tratamento com antibiótico?

Para a tuberculose e a gonorréia.

b) Por que os antibióticos são indicados para os casos de infecções cujos agentes são bactérias, enquanto as vacinas são indicadas para a prevenção de infecções virais?

A vacina é recomendada para viroses pois estimulam a formação de anticorpos específicos que atacam estruturas presentes nos envoltórios virais. Os antibióticos, porém, são ineficientes no combate a uma infeccção viral. No entanto, podem impedir, por exemplo, a síntese de proteínas e a formação da parede celular das bactérias, sendo úteis no combate a doenças causadas por elas.


8. O gráfico a seguir indica o número de casos de pneumonia causada por duas espécies de bactérias, a Streptococcus pneumonia (curva cheia) e a Mycoplasma pneumonia (curva tracejada), por faixa etária, na população de uma pequena cidade. Com base nele, responda:


a) Que espécie de bactéria é a principal responsável pelos casos de pneumonia em pessoas com mais de 60 anos?

A espécie Streptococcus pneumonia.

b) O que acontece com o número de casos de pneumonia em função da idade? Como isso pode ser explicado?

           O número de casos de pneumonia aumenta em função da idade, pois, quando as pessoas envelhecem, seu sistema imunológico se torna cada vez mais frágil e diminuem as defesas do sistema respiratório.

Exame Nacional do Ensino Médio – Enem


1. “Casos de leptospirose crescem na região. M.P.S. tem 12 anos e está desde janeiro em tratamento de leptospirose. Ela perdeu a tranqüilidade e encontrou nos ratos [...] os vilões de sua infância. ‘Se eu não os matar, eles me matam’, diz. Seu medo reflete um dos maiores problemas do bairro: a falta de saneamento básico e o acúmulo de lixo...” (O Estado de S. Paulo, 31/07/1997.)

”Oito suspeitos de leptospirose. A cidade ficou sob as águas na madrugada de anteontem e, além de 120 desabrigados, as inundações estão fazendo outro tipo de vítimas: já há oito suspeitas de casos de leptospirose [...] transmitida pela urina de ratos contaminados”. (Folha de S. Paulo, 12/02/1999.)
As notícias dos jornais sobre casos de leptospirose estão associadas aos fatos:

I. Quando ocorre uma enchente, as águas espalham, além do lixo acumulado, todos os desejos dos animais que ali vivem.
II. O acúmulo de lixo cria ambiente propício para a proliferação dos ratos.
III. O lixo acumulado nos terrenos baldios e nas margens dos rios entope os bueiros e compromete o escoamento das águas em dias de chuva.
IV. As pessoas que vivem na região assolada pela enchente, entrando em contato com a água contaminada, têm grande chance de contrair a leptospirose.

A sequência de fatos que relaciona corretamente a leptospirose, o lixo, as enchentes e os roedores é:

a) I, II, III e IV.
b) I, III, IV e II.
c) IV, III, II e I.
d) II, IV, I e III.
e) II, III, I e IV.

Resposta: Alternativa e

2. Algumas doenças que, durante várias décadas do século XX, foram responsáveis pelas maiores percentagens das mortes no Brasil, não são mais significativas neste início do século XXI. No entanto, aumentou o percentual de mortalidade devida a outras doenças, conforme se pode observar no diagrama:


No período considerado no diagrama, deixaram de ser predominantes, como causas de morte, as doenças:

a) infectoparasitárias, eliminadas pelo êxodo rural que ocorreu entre 1930 e 1940.
b) infectoparasitárias, reduzidas por maior saneamento básico, vacinas e antibióticos.
c) digestivas, combatidas pelas vacinas, vermífugos, novos tratamentos e cirurgias.
d) digestivas, evitadas graças à melhoria do padrão alimentar do brasileiro.
e) respiratórias, contidas pelo melhor controle da qualidade do ar nas grandes cidades.

Resposta: Alternativa b

Página 59

 

3. Entre 1975 e 1999, apenas 15 novos produtos foram desenvolvidos para o tratamento da tuberculose e de doenças tropicais, as chamadas doenças negligenciadas. No mesmo
período, 179 novas drogas surgiram para atender portadores de doenças cardiovasculares. Desde 2003, um grande programa articula esforços em pesquisa e desenvolvimento tecnológico de instituições científicas, governamentais e privadas de vários países para reverter esse quadro de modo duradouro e profissional. Sobre as doenças negligenciadas e o programa internacional,
considere as seguintes afirmativas:

I. As doenças negligenciadas, típicas das regiões subdesenvolvidas do planeta, são geralmente associadas à subnutrição e à falta de saneamento básico.
II. As pesquisas sobre as doenças negligenciadas não interessam à indústria farmacêutica porque atingem países em desenvolvimento, sendo economicamente pouco atrativas.
III. O programa de combate às doenças negligenciadas endêmicas não interessa ao Brasil porque atende a uma parcela muito pequena da população.

Está correto apenas o que se afirma em:
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.

Resposta: Alternativa d

4. Na embalagem de um antibiótico, encontra-se uma bula que, entre outras informações, explica a ação do remédio do seguinte modo: “O medicamento atua por inibição da síntese proteica bacteriana”. Essa afirmação permite concluir que o antibiótico:

a) impede a fotossíntese realizada pelas bactérias causadoras da doença e, assim, elas não se alimentam e morrem.
b) altera as informações genéticas das bactérias causadoras da doença, o que impede a manutenção e a reprodução desses organismos.
c) dissolve as membranas das bactérias responsáveis pela doença, o que dificulta o transporte de nutrientes e provoca a morte delas.
d) elimina os vírus causadores da doença, pois não conseguem obter as proteínas que seriam produzidas pelas bactérias que parasitam.
e) interrompe a produção de proteína das bactérias causadoras da doença, o que impede sua multiplicação pelo bloqueio de funções vitais.

Resposta: Alternativa e

5. O botulismo, intoxicação alimentar que pode levar à morte, é causado por toxinas produzidas por certas bactérias, cuja reprodução ocorre nas seguintes condições: é inibida por pH inferior a 4,5 (meio ácido), temperaturas próximas a 100°C, concentrações de sal superiores a 10% e presença de nitritos e nitratos como aditivos. A ocorrência de casos recentes de botulismo em consumidores de palmito em conserva levou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) a implementar normas para a fabricação e comercialização do produto. No rótulo de uma determinada marca de palmito em conserva, encontram-se as seguintes informações:

I. Ingredientes: Palmito açaí, sal diluído a 12% em água, ácido cítrico.
II. Produto fabricado conforme as normas da ANVISA.
III. Ecologicamente correto.

As informações do rótulo que têm relação com as medidas contra o botulismo estão contidas em:

a) II, apenas.
b) III, apenas.
c) I e II, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

Resposta: Alternativa c

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postar um comentário